Termalismo em foco no ensino profissional do Piaget

Cada vez está mais próxima a abertura de uma nova valência do Instituto Jean Piaget de Macedo de Cavaleiros.

A escola profissional está aprovada, com enfoque para o termalismo, justificada pela diretora do Campus Académico do Nordeste, Maria Helena Chéu, não só com o contrato assinado em 2014 com a Termas de Portugal, que permitir ter cursos nessa área, mas também com os recursos que existem na região.

reduzido 3

“Estamos a falar de técnico de termalismo, técnico auxiliar de saúde, técnico de apoio psicosocial e do técnico de turismo ambiental e rural.

Perspetiva-se que a abertura seja no ano letivo 2016/2017, e já estamos a fazer a divulgação. Temos tido alguns telefonemas, porque é uma novidade, a escola ter esse enfoque tão especializado, e que para nós é importante, considerando que a região, Trás-os-Montes, onde temos áreas protegidas. O termalismo é uma área extremamente importante. A região norte tem cerca de 400 nascentes termais por explorar. Portante, há muita possibilidade de ministrar este tipo de formação.”

Maria Helena Chéu assegura ainda que tudo está garantido no que a infraestruturas diz respeito. De referir neste processo as termas de Vimioso, Terronha, Chaves e São Lourenço. E restruturação de outra terma, no concelho, pode estar para breve.

reduzido 3

“Nós mantivemos todos esses espaços.

É preciso uma piscina terapêutica para as unidades curriculares e da balnearioterapia. Temos um ginásio psicoterapêutico e  sala de eletroterapia. Todas as áreas e estruturas que dão corpo à fisioterapia são agora novamente usadas para o curso de termalismo, porque são expressamente necessárias esse tipo de infraestruturas.

Para além disso, temos conhecimento de que o município de Macedo de Cavaleiros, juntamente com o Convento de Balsamão, pretende reabilitar as termas da Abelheira, o que para nós é um projeto interessante e aliciante, porque temos a oportunidade de entrar como entidade formadora no início de um balneário termal.”

Quanto ao ensino superior, Maria Helena Chéu reafirma que nunca se extinguiu por completo. Neste momento, adianta que pediram uma restruturação do ensino, que envolvem cursos já ministrados anteriormente, e que aguardam novidades.

reduzido 3

“O Instituto Jean Piaget tem, de qualquer das formas, mais escolas a nível nacional para onde podemos fazer o encaminhamento de alunos, até do profissional. Mas foi pedida uma restruturação do ensino superior em Macedo de Cavaleiros.

No passado mês de dezembro, houve uma reunião com o conselho diretivo do Piaget e com a direção geral do ensino superior, onde foi apresentado um projeto para restruturar o ensino superior.

Nesta fase, aguardamos a resposta do projeto que foi submetido. Esta situação é para para implementar no próximo ano letivo, 2016/2017.”

Quanto à escola profissional, pode comportar cerca de 210 alunos, e criar vários postos de trabalho, entre formadores e funcionários.

Pode ainda estar para breve a introdução de mais cursos na oferta formativa, como geriatria e massagem estética.

Escrito por ONDA LIVRE