José Silvano defende mais dinheiro para a ULS Nordeste

José Silvano defende o reforço do financiamento da ULS do Nordeste, porque entende que só assim será possível contratar mais médicos especialistas para os hospitais do distrito de Bragança e médicos de família para os centros de saúde.

O deputado do PSD eleito por Bragança questionou Adalberto Campos Fernandes sobre esse assunto, durante a audição na comissão de saúde. Silvano entende que a capitação por utente para a ULS do Nordeste devia passar dos atuais 585 euros para 604 euros.

reduzido 3

“Quando a ULS foi criada, tinha 535 euros por cada utente, em termos de financiamento. No início deste ano já tinha 585 euros. Quer dizer que nestes 5 anos subiu 50 euros. Só que as do Alentejo têm todas mais de 600 euros, e nós não temos de ser diferentes dos outros. Por isso, é preciso que a capitação da ULS suba para 604 euros, que é o que estava previsto no início.

Se isto foi feito, podiam contratar mais médicos, enfermeiros e auxiliares, para que a saúde fosse melhor. O senhor ministro disse estar atento à situação e que ia fazer de tudo, quando negociar o contrato de gestão com a ULS, para poder atenuar este problema.”

Para além disso, José Silvano perguntou ao titular da pasta da saúde se está prevista a criação de alguma Unidade de Saúde Familiar para o concelho de Mirandela, dado que a que existia em Torre de Dona Chama, foi desativada, em 2012

reduzido 3

“O senhor ministro enche a boca para dizer que as Unidades de Saúde Familiar são hoje a melhor maneira de os utentes terem médico de família. São muito mais produtivas, têm mais qualidade no atendimento, e resolvem melhor os problemas dos utentes.

Perguntei por que é que no concelho de Mirandela existia uma em Torre de Dona Chama, e por que é que encerrou. Ainda hoje não sabemos os motivos. E queremos saber quando vai reabrir.”

Sobre esta matéria, Adalberto Campos Fernandes não deu qualquer indicação.

Refira-se que, em 2013, chegou a estar em cima da mesa a possibilidade do centro de saúde Nº 1 de Mirandela passar a unidade de saúde familiar. Existia mesmo um parecer favorável da Equipa Regional de Apoio da ARS Norte. Mas a ULS do Nordeste não avançou com a criação dessa USF.

Informação CIR (Rádio Terra Quente)