Moncorvo revive época medieval este fim-de-semana

Torre de Moncorvo recua a partir de hoje ao século XIII, ao tempo de D.Dinis, Poeta e Trovador, que de resto é o mote da V Feira Medieval, que comemora os 731 anos do foral concedido, justamente, pelo rei que ficou conhecido pelo cognome “O Lavrador”.

Pelo terceiro ano consecutivo que o certame se realiza, com várias novidades este ano, como conta o presidente do município Nuno Gonçalves.

reduzido 3

“Vai haver muitos grupos e o assalto ao castelo noturno, sábado, às 21h. Vai haver outra novidade, que é o castelo mouro.

Há ainda gastronomia, os produtos do concelho, a feira dos produtos da terra, e uma exposição de máquinas medievais.”

No ano passado, 25 mil pessoas rumaram a Moncorvo, para um evento que já deixa marca na economia local.

reduzido 3

“Para além da hotelaria e da restauração, aumentam algumas vendas, como de tecidos e botões, que nesta altura são muito procurados para fazer os fatos.

Mas não só. Para dar um exemplo,no ano passado, a média nacional de levantamento de dinheiro em multibanco era cerca de 4.8, sendo em Moncorvo nesses dias 7.9, nos dias da Feira Medieval.

Além da realização cultural e recreativa, há esta dinamização económica.”

De hoje até domingo decorre a Feira Medieval de Torre de Moncorvo.

40 formandos participaram na elaboração de fatos da época de D.Dinis, que também estarão à disposição dos visitantes que queiram viver o espírito medieval. Mantém-se ainda a aposta de não contratar pessoas de fora do concelho.

Outras novidades a assinalar nesta edição é o torneiro de liça e a demonstração de futebol medieval, levada a cabo pela escola Dragon Force.

Escrito por ONDA LIVRE