5 tribunais do distrito de Bragança voltam a ter julgamentos

As secções de proximidade vão voltar a funcionar como tribunais.

A ministra da Justiça garantiu ontem que, a partir de Janeiro de 2017, 20 dos tribunais no interior do país que foram encerrados na reforma do mapa judiciário efectuada pelo anterior governo vão ser reabertos ao público e 27 secções de proximidade passam a realizar atos judiciais.

Alterações que representam um investimento de 500 mil euros.

No distrito de Bragança, os tribunais de Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Miranda do Douro, Vimioso e Vinhais, que funcionavam como secções de proximidade, deverão voltar a ter julgamentos criminais que não exijam um colectivo de juízes – crimes menores puníveis com penas até cinco anos e também vão julgar casos de Família e Menores.

No distrito de Vila Real, Boticas, Mesão Frio, Murça e Sabrosa voltam também a ter tribunal, segundo o anunciado por Francisca Van Dunem.

Informação CIR (Rádio Brigantia)