JSD de Macedo de Cavaleiros com novo presidente e novas ideias

Recentemente, a Juventude Social-Democrata de Macedo de Cavaleiros quadruplicou o número de militantes, sendo cerca de 80 no momento, um número considerado agora mais satisfatório em termos médios do distrito, e está  ainda a preparar atividades no âmbito político e social.

A estrutura foi a eleições no sábado. A única lista a sufrágio foi encabeçada por José David Vaz, que sucede a Carlos Rodrigues.

Foi apresentada uma moção estratégica, explicada pelo novo presidente.

reduzido 3

“Viemos com um projeto novo porque a Concelhia de Macedo, tal como outras do distrito, existia como órgão, mas estavam quase inativas.

Decidimos começar a trabalhar de outra forma, e por isso fizemos um projeto novo. As pessoas são, praticamente, as mesmas, mas houve uma mudança de mentalidade. Fizemos uma moção, e temos vindo a fazer militantes. Como pilar essencial deste último ponto, é importante a formação política, e nesse sentido estão preparadas com a estrutura nacional algumas atividades nesse âmbito para Macedo de Cavaleiros.

E a preparação as autárquicas, que se avizinham. “

 As formações políticas estão apontadas para setembro, mas antes há outras atividades planeadas, como uma recolha de alimentos.

reduzido 3

“A formação irá começar em setembro, na altura em que regressam as aulas.

Sem ter data certa, temos agendada a recolha de bens alimentares, para famílias carenciadas, que deve acontecer entre agosto e setembro.”

Carlos Rodrigues passa a ocupar o lugar de vice-presidente da JSD.

Para a Mesa do Plenário, também só uma lista foi a votação, com João Pedro Fragoso a ser eleito presidente.

Escrito por ONDA LIVRE