“Gasóleo profissional” chega quinta-feira

Quinta-feira, os concelhos de Macedo de Cavaleiros e Bragança vão passar a ter gasóleo mais barato, ao nível da vizinha Espanha.

Uma medida válida apenas para quem tem empresas de transporte de mercadorias, e visa aumentar a competitividade fiscal, ao dar a oportunidade aos empresários de acederem, em território nacional, aos benefícios do mecanismo do “gasóleo profissional”, existentes já há cerca de uma década em Espanha e França, e que tem levado a que as transportadoras optem por abastecer o depósito fora de Portugal. As empresas passam a ter direito a um reembolso parcial de impostos sobre combustíveis.

O Governo aposta assim neste modelo, que fica disponível a partir de dia 15, a título experimental, e limitado a 30 mil litros de combustível por ano, por viatura.

Foram escolhidas quatro zonas fronteiriças em território nacional, para esta fase-piloto do programa. Macedo de Cavaleiros e Bragança são os concelhos contemplados no nordeste transmontano, integrando a Zona de Quintanilha. Juntam-se à de Vilar Formoso (concelhos de Almeida e Guarda), Caia (concelhos de Elvas, Estremoz) e Vila Verde de Ficalho (concelhos de Serpa e Beja).

Em causa estão reduções que rondam por 13 cêntimos/litro. As novidades sobre os impostos dos produtos petrolíferos efetivam a partir de de 1 de janeiro de 2017 em todo o país. O custo para o Estado pode ascender aos 150 milhões de euros, que espera recuperar em metade, com o presumível aumento de abastecimentos em solo português.

Escrito por ONDA LIVRE