Sistema de Defesa da Floresta contra incêndio alargado duas semanas

O período crítico do Sistema de Defesa da Floresta contra incêndio, que deveria terminar a 30 deste mês, foi estendido até 15 de outubro, comunicou o gabinete do Secretário de Estado das Florestas.

Amândio Torres já assinou a portaria que prorroga este período. No comunicado enviado explica-se que “as condições meteorológicas determinam a adoção desta medida, tendo em conta que se prevê tempo seco e quente e ventos, ou seja, a conjugação de fatores amigos do fogo, que ajudam à propagação de incêndios e que podem transformar qualquer pequena ocorrência num enorme desastre”.

Relembra a Proteção Civil Municipal de Macedo de Cavaleiros que, até findar este período crítico, é proibido Realizar queimadas e fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos, utilizar equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confeção de alimentos, queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração, lançar balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes, fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem e fumigar ou desinfestar apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

Escrito por ONDA LIVRE