Workshop de costura leva ajuda a crianças de países pobres

Dress a Girl Around The World, que em português significa “Vista uma Rapariga pelo Mundo”, é o nome do workshop solidário que decorre esta tarde em Alfândega da Fé, onde vão ser criadas peças de roupa de criança para enviar para os países onde essa necessidade é maior, nomeadamente no continente africano.

E quem não souber costurar, também pode ajudar, como explica Ana Duque, responsável pelas áreas da Cultura e Turismo no município de Alfândega da Fé:

“Quem não souber costurar, pode participar doando tecidos que sejam 100% de algodão, botões, linhas, ou seja, tudo aquilo que for necessário para produzir vestidos e calções para crianças e adolescentes de ambos os sexos. As peças serão depois enviadas para os países em vias de desenvolvimento.

Virão pessoas da Cruz Vermelha de Vila Real e da delegação aqui de Alfândega da Fé com máquinas de costura e moldes de roupa.”

Uma iniciativa que tem despertado o interesse da população e, por isso, deverá ser replicada no futuro:

“Estamos a contar com cerca de 15 pessoas inscritas para o atelier de costura, o que é, até, um número excessivo porque não temos tantas máquinas.

A adesão que estamos a ter é, de facto, muito interessante. Toda esta receptividade que temos tido vai fazer com que, provavelmente, repitamos a atividade no futuro.”

O workshop tem lugar esta tarde na Casa da Cultura Mestre José Rodrigues em Alfândega da Fé, entre as 14h30 e as 17h, e conta com a colaboração da Cruz Vermelha, do Atelier de Costura Solidária de Vila Real e do município de Alfândega.

O Dress a Girl Around the World foi criado nos Estados Unidos da América e tem acontecido em vários países com o objetivo de conferir mais dignidade, proteção e esperança às crianças dos países com maiores carências.

Escrito por ONDA LIVRE