Festival Sete Sóis, Sete Luas promove multiculturalismo em Alfândega da Fé

Música, expressão dramática, artesanato e até gastronomia.

São estas as propostas para as noites de hoje e do próximo dia 14 na vila de Alfândega da Fé, que pelo nono ano consecutivo recebe o festival Sete Sóis Sete Luas.

Este evento, que há 26 anos promove o multiculturalismo e o encontro intercultural entre grupos oriundos de vários países, conta agora, durante dois anos, com apoio da Comissão Europeia e com ele surgem algumas novidades, destaca Berta Nunes, presidente do município de Alfândega da Fé:

“Temos agora uma maior participação dos grupos locais e temos também a parte da gastronomia em que propusemos o chefe Marco Gomes para apresentar os nosso produtos noutros países.

Este festival constitui uma rede que tem a vantagem de trazer aqui músicos e até produtos de vários locais do mediterrâneo e do norte de África, mostrando os vários aspectos da cultura do mediterrâneo e fazendo com que as pessoas circulem através destes países. Estou a falar de Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia, Israel , países do norte de África também dos PALOP. Estão em destaque aspetos da cultura musical, gastronómica e de outros tipos de arte. “

Um festival que cada vez atrai mais visitantes, e que, no futuro, pode até constituir um ponto de partida para levar também a cultura de Alfândega da Fé a outros países, acrescenta Berta Nunes:

“Este evento é já um marco que temos vindo a cativar cada vez mais público e agora com uma maior participação das pessoas locais. A nossa expectativa é aumentar ainda mais as pessoas que se habituam, digamos, a participar em todos os eventos do festival, a todos os anos quando ele acontece aqui em Alfândega da Fé. Eventualmente, alguns jovens terão oportunidade de ir a outros locais, sejam jovens músicos, seja eventualmente até os nosso grupos corais que vão trabalhar com o mestre que vais vir aqui trabalhar com eles, mas poderão até, se resultar bem, podem ir a outro país representar uma parte da nossa cultura musical. “

O festival começa hoje às 21h30 com a atuação do circo acrobático Triplette, vindo de França. Às 22h30, tem lugar o concerto Estrelas 7Sóis, uma estreia nacional que junta cinco músicos de diferentes culturas musicais.

Os espetáculos estão de regresso no dia 14, com a atuação dos Santo Antão 7Sóis Band, uma produção original do festival que vai encher a noite com sons de Cabo Verde.

O festival acontece no Largo S. Sebastião, junto à Casa da Cultura Mestre José Rodrigues, em Alfândega da Fé.

Escrito por ONDA LIVRE

folheto 7S7L_geral (1)