Cooperantes da Rádio Onda Livre solicitam nova tentativa de negociação com a autarquia

A Cooperativa de Informação e Cultura, Rádio Onda Livre Macedense, vai fazer mais uma tentativa de negociação com a autarquia, com esperança que o protocolo de colaboração entre as duas entidades seja finalmente assinado.

Na assembleia geral extraordinária realizada ontem, os cooperantes entenderam que se deveria redigir um novo protocolo que será posteriormente entregue ao Presidente da Câmara para apreciação.

De lembrar que a Cooperativa de Informação e Cultura, Rádio Onda Livre Macedense, tinha protocolo assinado com a autarquia desde 1990, comprometendo-se assim a fazer a divulgação da agenda cultural do município e de outros assuntos de interesse para o concelho, em troca de um pagamento mensal, que em 2017 se situava nos 1500€.

Desde o início do presente ano que a autarquia, maior cliente da cooperativa, decidiu não o renovar, deixando a Rádio numa situação financeira muito limitada, e, segundo o presidente, Joaquim Santos, os despedimentos de pessoal estão mesmo em cima da mesa.

Nesta assembleia ficou também decidido que os cooperantes vão começar a pagar uma cota anual de 12€ e o correspondente a 2018 terá de ser pago até ao final do ano.

Escrito por ONDA LIVRE