Pavilhão e Estádio de Macedo estão agora melhor preparados para salvar vidas

Recentemente, a autarquia de Macedo de Cavaleiros adquiriu dois Desfibrilhadores Automáticos Externos (DAE), aparelhos que servem para ministrar descargas elétricas em caso de paragem cardiorrespiratória, e que estão agora disponíveis no Pavilhão Gimnodesportivo e o Estádio Municipal da cidade.

Medidas que têm em vista dar melhores condições a quem frequenta aqueles dois espaços, como refere Rui Vilarinho, vereador da Câmara Municipal de Macedo:

“Temos a preocupação de dar cada vez mais e melhores condições aos nossos munícipes. 

O pavilhão e o estádio são os edifícios onde provavelmente a probabilidade de haverem problemas cardíacos é maior e, por isso, já estão dotados com equipamentos que para nós são imprescindíveis nestas unidades.

Neste momento, já proporcionamos formação adequada, específica e certificada aos professores de educação física, de forma a poderem utilizar estes equipamentos.
Eventualmente iremos depois proporcionar formação também a outros funcionários.
Tem alguns custos, mas se conseguirmos salvar uma vida, fica tudo garantidamente saldado.”

E a ideia é poder dotar outros espaços com estes aparelhos:

“Vamos tentar dotar com DAEs todos os espaços onde achemos que poderão acontecer situação destas.

São exemplos o edifício da câmara, o centro cultural e as praias do Azibo, estas últimas que se conseguirmos disponibilidade financeira e pessoas credenciadas, até poderão ser dotadas com os aparelhos já nesta época balnear. “

Cada aparelho custou uma média de 1500€, aos quais se juntam os custos com a formação dos onze professores das Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC) e do encarregado do pavilhão municipal, investimento este que foi suportado a 100% pela autarquia.

Escrito por ONDA LIVRE