II Volta ao Nordeste começa amanhã com arranque em Mogadouro

A II Volta ao Nordeste em bicicleta vai para a estrada a partir de amanhã. Mogadouro é o ponto de partida para um périplo de cerca de 300 km, que termina no domingo, em Bragança.

150 Ciclistas de 25 equipas de vários pontos do país e até das ilhas, mais concretamente dos Açores, vão nos próximos quatro dias pedalar pelo nordeste transmontano.

A Volta conta, este ano, com quatro dias, mais dois do que em 2018, e para Miguel Monteiro, presidente da Associação de Ciclismo de Bragança, é uma forma de trazer mais visitantes e estabelecer mais parcerias:

“É para proporcionar mais tempo de repouso e para conseguirmos que mais concelhos sejam incluídos. É também uma maneira de as pessoas que vêm passarem mais tempo no distrito.”

Entre os ciclistas Sancho Cruz, vencedor da Volta ao Nordeste de 2018, é o grande ausente por questões profissionais. Também Sérgio Ramos, segundo classificado na primeira edição, fica de fora devido a uma lesão.

O ciclista do Monóptero Bikers aplaude a iniciativa e acredita que é um evento que veio para ficar:

“Para quem anda no mundo do ciclismo, é amador e anda muito de bicicleta de estrada estava à espera que aparecesse uma destas possibilidades. A iniciativa tem pernas para andar e Trás-os-Montes tem muito para mostrar.”

Este ano o embaixador da prova é o mirandelense César Quitério. O antigo ciclista da Liberty Seguros e do Louletano, antevê bastantes dificuldades para os participantes:

“Penso que todas elas são complicadas. Miranda da Douro acaba por ter um final complicado, a segunda etapa tem toda ela um acumulado que trará dificuldade em toda a extensão e a última etapa não será de consagração porque de Vinhais para Bragança também terá a sua dificuldade.”

A primeira etapa está marcada para amanhã com partida de Mogadouro, às 15h00, e chegada a Miranda do Douro. E, ao contrário do que estava previsto, a etapa não vai passar por Espanha devido a obras que estão a ser realizadas no outro lado da fronteira.

Na sexta-feira, os ciclistas regressam a Mogadouro para um contra-relógio individual de 7km.

Quanto à segunda etapa, marcada para sábado, começa em Vimioso, às 10h00, e termina em Alfândega da Fé.

No último dia de prova, no domingo, os corredores têm pela frente um percurso de 103 km que vai ligar Mirandela a Bragança.

A II Volta ao Nordeste em Bicicleta é organizada pela Associação de Ciclismo de Bragança, tem um orçamento de 15 mil euros e este ano passou de dois para quatro dias.

Bragança, Macedo de Cavaleiros, Alfândega da Fé, Torre de Moncorvo, Miranda do Douro, Mogadouro, Vimioso, Mirandela e Vinhais são os concelhos parceiros do evento.

 

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Brigantia)