Semana Europeia de Geoparques assinalada em Macedo com várias atividades

De forma a assinalar a Semana Europeia de Geoparques, de 25 de maio de a 9 de junho estão a decorrer no concelho de Macedo de Cavaleiros várias atividades associadas ao Geopark Terras de Cavaleiros.

Do cartaz fazem parte um percurso pedestre, atividades na Albufeira do Azibo, visitas a pontos geológicos de interesse e ao Geopark Arouca, realização de uma marcha do ambiente no dia da criança, workshops e ainda uma exibição da Estação da Biodiversidade. Atividades que envolvem mais a população com o geoparque macedense e não só, como refere Benjamim Rodrigues, autarca e presidente do Geopark Terras de Cavaleiros:

“Envolve toda a população. 

Temos atividades orientadas para os jovens e para os seniores também. Estamos a promover acções de sensibilização e há ainda a opção da população poder fazer uma inscrição para no dia de junho ir visitar ao Geopark Arouca. Sendo este um geoparque diferente do nosso, esta visita serve para que os participantes tenham contacto com uma realidade diferente.”

Um geoparque que tem sido uma mais-valia para o território a vários níveis, principalmente para o turismo, deixa ainda saber Benjamim Rodrigues:

“O geoparque dá-nos logo uma garantia de uma imagem que é identificada pelas pessoas que nos visitam, principalmente estrangeiros. A nível nacional talvez nem tanto.

A nossa população, particularmente a rural onde se localiza o maior número de geosítios, confrontam-se com visitantes que fazer percursos pedestres e, ao mesmo tempo, adquirem produtos endógenos junto dos próprios produtores, questionando também sobre onde podem comer pratos típicos, comprar um queijo artesanal, ou seja, conseguem-se comercializar produtos.
Em termos internos, temos o caso das escolas que começam a ter contacto com a realidade do geoparque e também os seniores que visitam os geosítios e o território do geoparque, tendo um contacto muito próximo com o ambiente e com a biodiversidade.”

Ontem de manhã o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, que é também vice-presidente do Geopark Terras de Cavaleiros, passou por Macedo de Cavaleiros onde esteve reunido com a restante equipa.

Para ele, o turismo natureza é cada vez mais um atrativo desta região do país, no entanto considera que é necessário atrair mais visitantes nacionais, assim como da vizinha Espanha:

“A importância é grande pois Trás-os-Montes vive muito deste contacto com a natureza e com aquilo que isso proporciona a quem nos visita.

Há cada vez mais turistas a visitar o território e nós temos de privilegiar, por um lado, os turistas nacionais que aqui na região transmontana representam cerca de 80%, um número que ainda terá de crescer e que nós tudo faremos para ajudar a que isso aconteça. Nesse sentido estamos a tentar direcionar as Press Trip e as Fun Trip muito para este território.
No entanto, estamos também com um olhar muito atento ao mercado espanhol, que é o primeiro emissor da região do Porto e Norte, sendo que aqui há a vantagem de podemos estar bem próximos.”

De recordar que o Geopark Terras de Cavaleiros renovou recentemente por mais quatro anos a chancela da UNESCO, mantendo-se assim na rede dos geoparques mundiais.

Foto: Geopark Terras de Cavaleiros

Escrito por ONDA LIVRE

Conheça o cartaz:

60992122_1646436402159221_138898718366629888_n