Carla Alves apela à reativação dos mercados locais

A directora Regional de Agricultura e Pescas do Norte considera fundamental que sejam reactivados os mercados locais para escoar as produções agrícolas regionais. Carla Alves apela a que os municípios reabram estes mercados para apoiar a produção:

“Temos que voltar a reabrir estes mercados locais, porque é a forma que os pequenos agricultores têm de escoamento, para aqueles que estão fora do online e das redes sociais e, portanto, têm mais dificuldades.”

O ministério criou uma campanha para apelar ao consumo de produtos locais e de pequenos agricultores e criou uma plataforma para escoamento dos produtos. Carla Alves reforça que consumir produtos locais é muito importante para apoiar o sector.

Além das medidas globais de apoio à economia, como as linhas de crédito, o governo criou outras formas de apoio aos agricultores. Carla Alves explica que houve adiantamentos dos projectos. 70% dos pedidos foram já pagos aos agricultores:

“Houve um pagamento, no valor de 40 milhões de euros, bastante acelerado porque foi feito o regime de adiantamento sem análise e, portanto, a esse nível conseguimos por dinheiro nas mãos dos agricultores, que é fundamental nesta fase.”

Outra das medidas tomadas foi o prolongamento do prazo para a submissão do Pedido Único até 15 de Junho. O ministério da Agricultura flexibilizou também a obrigação de determinadas práticas agrícolas ambientais. Assim, os produtores podem agora praticar o pastoreio nas áreas de pousio e não são obrigados à diversificação de culturas nas explorações de cereais, para que não haja falta deste bem e assegurar a alimentação animal.

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Brigantia)