Mogadouro vai recuar no desconfinamento

Mogadouro vai recuar no desconfinamento

O concelho de Mogadouro vai mesmo recuar no desconfinamento porque, pela segunda semana consecutiva, volta a ultrapassar os 240 casos por cem mil habitantes e há outros cinco concelhos do distrito de Bragança que correm o risco de ficar em situação de alerta durante uma semana.

São para já estimativas, depois de ontem se terem registado mais 35 novos casos de Covid-19, metade dos quais no concelho de Mogadouro.

Esta terça-feira, o distrito de Bragança aumentou para 236 o número de casos ativos de covid-19, depois de se terem registado 35 novos casos de infeção, indica o mais recente boletim das autoridades de saúde.

No concelho de Mogadouro verificou-se o maior aumento de novos casos, com mais 17 pessoas infetadas pelo Sars-Cov-2 (12 em Bemposta e 5 em Urrós).

Seguiu-se o concelho de Bragança com mais uma dezena de infetados. Já Vila Flor e Vinhais têm mais dois casos, comparativamente a segunda-feira, enquanto Mirandela, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro e Carrazeda de Ansiães registaram mais um caso de covid-19.

Apesar de a análise dos números semanais da incidência cumulativa a 14 dias só acontecer esta quinta-feira, na reunião de Conselho de Ministros, já não há dúvidas que o concelho de Mogadouro vai ultrapassar, pela segunda semana consecutiva, os 240 casos por cem mil habitantes, e com isso vai recuar no plano de desconfinamento (atualmente está em situação de alerta mas sem restrições).

Na prática, o que vai passar a acontecer no concelho de Mogadouro é que será exigido o certificado digital ou teste negativo no acesso a restaurantes para serviço de refeições no interior, às sextas-feiras a partir das 19h00 e aos sábados, domingos e feriados durante todo o dia, sendo que o funcionamento destes estabelecimentos está permitido até às 22h30. Outra das medidas a aplicar em Mogadouro é que haverá limitação de circulação na via pública, a partir das 23h00.

Já os concelhos de Mirandela, Miranda do Douro, Vila Flor, Freixo de Espada à Cinta e até Bragança estão em perigo de ficar em situação de alerta, por ultrapassarem pela primeira vez os 240 casos por cem mil habitantes, mas ainda sem recuo no desconfinamento, o que só acontecerá caso na próxima semana voltem a ultrapassar a linha vermelha.

Conferimos agora os 236 casos ainda ativos no distrito:

Mirandela tem um total de 62, Bragança e Mogadouro têm 57 casos, Miranda do Douro tem 19, Vila Flor 14, Vinhais 11, Freixo de Espada à Cinta 8, Macedo de Cavaleiros 4, Alfândega da Fé 2. Vimioso e Carrazeda de Ansiães têm ambos um caso ainda ativo. Torre de Moncorvo é o único concelho sem casos de covid-19.

INFORMAÇÃO CIR (Terra Quente FM)

Relacionados

Comentar