Filme “Alma Viva” distinguido em vários festivais de cinema

Filme “Alma Viva” distinguido em vários festivais de cinema

A primeira longa-metragem da luso-francesa Cristèle Alves Meire venceu mais dois prémios internacionais.

No Festival de Cinema de Marraquexe, o filme venceu o prémio do júri e no Festival de Cinema de Amiens, em França, recebeu uma menção especial.

Mas já no fim de semana, o filme, rodado na aldeia da Junqueira, em Vimioso, foi merecedor de cinco distinções no festival Caminhos do Cinema Português, em Coimbra, recebendo os prémios de melhor realização, argumento original, interpretação secundária, pela atriz Ana Padrão, o prémio revelação, atribuído a Lua Michel, filha da realizadora, e ainda o prémio da Federação Internacional de Cineclubes.

O filme “Alma Viva” tem como personagem central Salomé, filha de emigrantes portugueses em França, que testemunha a morte da avó, com quem tinha uma forte ligação afetiva e espiritual, acreditando que mesmo continua acompanhada pela familiar, tentando vingar a sua morte. O filme retrata a realidade da emigração portuguesa e da cultura transmontana.

É uma produção da Midas Filmes, com coprodução francesa e belga, e é o candidato de Portugal para uma nomeação aos Óscares 2023.

Escrito por ONDA LIVRE

 

 

 

Relacionados

Comentar