Macedense perde terceira jornada e desce à quinta posição da tabela

Macedense perde terceira jornada e desce à quinta posição da tabela

O Macedense / Doolibar Sociedade Oleica perdeu este sábado com o Bairro Boa Esperança por 4-2 e caiu da terceira à quinta posição da tabela da série II da fase de manutenção do Campeonato Nacional de Futsal da II Divisão.
Os golos do GDM foram encaixados por Aderson Filho, aos 13 minutos e Takumi aos 39.
Carlos Pires foi expulso decorridos 31 minutos da partida e Patrick Aragão fez autogolo ao minuto 37.
Costinha continua a apontar o dedo à finalização:

“O resultado foi longe do que propúnhamos fazer, muito por culpa nossa porque quem cria oportunidades suficientes para um resultado completamente diferente e consegue controlar a grande parte do jogo, não pode facilitar no momento da finalização e não pode ter pouca competência nesse aspeto.

Obviamente que fica o amargo de boca. No aspeto da finalização temos de nos tornar mais competentes, porque a este nível não se podem criar e desperdiçar tantas oportunidades.”

Erro que, nesta altura do campeonato, se pagam caro, afirma o treinador:

 

“Este foi um claro caso dessa situação.

Uma equipa que conseguiu ir ao campo do adversário ser dominador e impor o seu modelo de jogo, sai derrotado porque nos momentos chave não soube ganhar vantagem. No momento em que o Boa Esperança passa para a frente do marcador do 2-1, se o GDM tivesse dois ou três golos de vantagem, para quem estava a assistir o jogo não seria surpresa nenhuma. Mas não teve, o que é certo é isso, e isto é uma questão de competência.

Nós não marcámos e o adversário marcou nas poucas oportunidades que teve. Estão eles de parabéns, nós não, e temos que rapidamente procurar ter outro desempenho na finalização porque já temos jogo no sábado.”

O Macedense mantém os três pontos, resultado da vitória na jornada 1 da fase II.
No próximo sábado recebe os Amigos de Cerva.

 

Escrito por ONDA LIVRE

 

Relacionados

Comentar