Ministra da Agricultura garante pagamento de 60% dos apoios agroambientais aos agricultores entre 20 e 24 de fevereiro

Ministra da Agricultura garante pagamento de 60% dos apoios agroambientais aos agricultores entre 20 e 24 de fevereiro

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, garantiu que entre 20 e 24 de fevereiro serão pagos 60% dos apoios agroambientais aos agricultores.
Foi uma das resoluções que sairam da reunião que teve ao início da tarde com os agricultores na Câmara de Macedo, por videoconferência, após estes se manifestarem e encerrarem a A4 em Macedo de Cavaleiros.

À saída da reunião, o agricultor Armindo Lopes deu saber que os compromissos hoje feitos pela Ministra:

 

 

 

“Tivemos a garantia da Ministra de que entre os dias 20 e 24 de fevereiro serão pagos 60% das agroambientais. Os 35% serão diluídos nos 60 milhões que foram hoje aprovados em Conselho de Ministros. 

Nessa questão, estando pendente da aprovação da União Europeia, poderemos estar a falar de entre dois a três meses nesses atrasos, e os 5% que todos os anos ficam para junho vão manter-se até 25 de junho.

A Ministra disse-nos também que todas as medidas que tinham sido anunciadas por ela e pelo Ministro das Finanças foram hoje aprovadas em Conselho de Ministros.

Na reunião estava também o presidente do IFAP, Rui Martinho.”

 

Os agricultores aproveitaram a reunião para pedir outros apoios, como a isenção IVA do gasóleo agrícola.
Eduardo Almendra, outro dos agricultores presentes na reunião, disse que as reivindicações mais concretas para a região serão abordadas no encontro com a ministra, presencialmente, na próxima segunda-feira:

 

 

“Houve aqui uma das medidas que reivindicámos, que foi a possibilidade de inserir o gasóleo agrícola como um fator de produção e isentá-lo assim do IVA que tem neste momento. Isso significaria uma redução bastante significativa.

Há aqui o compromisso da Ministra, de facto, em assumir esses pagamentos das agroambientais, portanto, a reunião, para nós, correu bastante bem.

Vamos desenvolver e aprofundar um pouco mais estas reivindicações que temos mais em concreto para a nossa região, nomeadamente o regadio, na reunião de segunda-feira.”

 

Dezenas de agricultores estiveram hoje em protesto em Macedo de Cavaleiros, contra as medidas adotadas para o setor e pela valorização da agricultura em Portugal.
Desmobilizaram após serem contactados pela Ministra da Agricultura, que garantiu reunir com eles ao final da manhã e na próxima segunda-feira, presencialmente, às 16h, no edifício da câmara municipal de Macedo de Cavaleiros.

Caso os pedidos não sejam atendidos, os agricultores garantem que voltarão à luta.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar