Já se ultimam os preparativos para o Entrudo Chocalheiro de Podence, que começa amanhã e decorre até terça-feira

Já se ultimam os preparativos para o Entrudo Chocalheiro de Podence, que começa amanhã e decorre até terça-feira

Mais de 100 Caretos de Podence vão andar a solta pelas ruas daquela aldeia do concelho de Macedo de Cavaleiros, já a partir de amanhã.
Começam este sábado as atividades que compõe aquele que é já conhecido como o Carnaval mais genuíno de Portugal, tendo como figura principal estes mascarados que são património imaterial da UNESCO.
E já se ultimam os preparativos para receber os milhares de pessoas que normalmente rumam a Podence por esta altura, refere António Carneiro, presidente da Associação Grupo dos Caretos de Podence:

 

“Estamos na fase final dos pormenores. Este já é um evento que dá um certo trabalho a implementar no terreno.

As coisas estão a correr dentro do que está previsto, inclusive a finalização das obras do Museu do Careto, que vai abrir no próximo dia 10 e desta forma comemoramos o aniversário desde a existência da Casa do Careto, que no dia 22 de fevereiro faz 20 anos desde a sua abertura ao público.”

Entre as novidades deste ano estão o regresso dos concertos tradicionais e o lançamento pelos CTT dos selos evocativos aos Caretos de Podence:

“No corrente ano voltam os concertos tradicionais, no domingo e na segunda. Vamos ter a atuação dos Roncos do Diabo, um grupo que já nos acompanha desde há uns anos a esta parte, e a Trasga que é também um grupo também de música tradicional de Trás-os-Montes, da zona de Miranda do Douro.

Vamos ter ainda o lançamento dos selos, em parceria com os CTT no dia 13. Vão ser lançados três selos, o que é também uma grande visibilidade nacional e internacional e um reconhecimento por parte dos CTT à tradição dos Caretos de Podence.

Teremos ainda o lançamento de um vinho de uma empresa da região, a Casa José Pedro, que se quis associar também à marca Caretos de Podence e vai lançar um vinho reserva.”

 

Rondas das Tabernas, com cerca de 20 portas abertas para servir os pratos típicos da região, animação de rua, visitas guiadas, o pregão casamenteiro, passeios de barco no Azibo, experiências de pintura e venda e mostra de produtos regionais, este ano com mais expositores, à volta de 70, são algumas das atividades que compõe o cartaz de quatro dias, que começam este sábado e só terminam na terça-feira, dia de Carnaval, com o ponto alto das festividades, em que há desfile de marafonas, seguido da procissão da queima e, por fim, a queima do Entrudo.

Apesar da previsão de chuva, a hotelaria na região já está esgotada há vários dias:

 

“As condições meteorológicas não são as mais favoráveis e, por isso, é imprevisível para estar a quantificar o número de pessoas.

Sabemos sim que a toda a hora nos chegam pessoas que querem alojamento, que já está lotado há vários dias. Até Vila Real o alojamento e unidades hoteleiras estão completamente lotadas.Desde Macedo, Bragança, Mirandela, todo o território usufrui deste evento que consegue atrair milhares de visitantes, nacionais e internacionais.”

De sábado a terça-feira são esperadas milhares de pessoas para participar do Entrudo Chocalheiro, em Podence.
Na noite de sábado, está marcado para as 21h30 o início do desfile noturno de carnaval, que junta vários grupos de foliões em cortejo pelas ruas da cidade de Macedo de Cavaleiros.

Esta sexta-feira de manhã esta previsto acontecer o habitual desfile de Carnaval dos alunos do primeiro ciclo e pré-escolar, mas devido às previsões meteorológicas foi cancelado e substituído por um desfile mas pequeno nas naves do Parque Municipal de Exposições.

Escrito por ONDA LIVRE

419019316_783498053817491_1014653880385277003_n

Relacionados

Comentar