CA Macedo disputa este domingo a 1ª mão das meias-finais da Taça Distrital e vai ao encontro do Bragança

CA Macedo disputa este domingo a 1ª mão das meias-finais da Taça Distrital e vai ao encontro do Bragança

Este domingo disputam-se as meias-finais da Taça Distrital da AF de Bragança e o CA Macedo vai ao encontro do primeiro classificado do campeonato, o Bragança, que segue com um pleno de vitórias esta época.

Mesmo consciente das dificuldades que os esperam, Nuno Fernandes, treinador do emblema macedense, espera conseguir um resultado que permita deixar tudo em aberto para a segunda mão:

“Por si só é sempre um jogo complicado contra o Bragança e acresce a tal dificuldade de ser uma meia-final da taça. Eles querem muito chegar à final, tal como nós também queremos. As dificuldades são, sobretudo, nesse sentido.

Vamos encontrar uma equipa bem organizada, orientada, com atletas com qualidade e nós vamos tentar fazer o nosso trabalho, preparar bem o jogo como temos feito ao longo da semana e apresentarmo-nos nas melhores condições para o disputar e deixar tudo em aberto para a segunda mão.”

O plantel conta com algumas limitações:

“Em termos emocionais a equipa está motivada, é a meia-final de uma taça e queremos muito fazer as coisas bem para podermos olhar para a frente e chegar à final.

Em termos de gente e condição física de alguns atletas, não podemos contar com alguns, outros porque os fomos perdendo ao longo desde mês, deixando de pertencer ao plantel, mas perante as dificuldades temos de fazer forças e unir-nos em prol do que queremos.”

Além disso, há uma baixa confirmada e alguns jogadores em dúvida:

“Temos o Edra que ainda não está em condições, o Lino que no último jogo, no aquecimento, se lesionou e mais uma ou outra mazela de alguns atletas. O falcão passou a semana um pouco condicionado.

Vamos ver os que conseguimos recuperar, o Edra está fora de questão, o Lino e o Falcão vamos ver.

Num plantel que neste momento está reduzido e é curto, essas ausências fazem alguma mossa porque são atletas com qualidade. Mas temos de olhar para o jogo e para o que temos dentro do plantel, trabalhar em função do adversário para chegarmos a domingo e batermo-nos bem para conseguirmos ter um resultado positivo.”

A bola começa a rolar às 15h deste domingo no Estádio Municipal Eng.º José Luís Pinheiro, em Bragança.

À mesma hora jogam o FC Vinhais e o Rebordelo.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados