Sílvio Carvalho distinguido pela Associação Nacional de Treinadores

Sílvio Carvalho distinguido pela Associação Nacional de Treinadores

 

A Associação Nacional de Treinadores vai premiar Sílvio Carvalho pelo seu trabalho no mundo do futebol.

O treinador é cobiçado desde sempre por vários clubes mas nunca abandonou o clube da sua terra, que treina de forma gratuita.

Entre outros cursos, o técnico, possui o curso de treinador de 2º nível, treino de guarda-redes e diversas formações em observação e análise de jogo.

Receber este prémio é para Sílvio Carvalho um reconhecimento do seu trabalho.

O treinador afirma que a sua motivação não são os prémios mas sim a paixão e motivação dos seus atletas.

microfone

“É bom mas penso que não é um prémio grande, talvez seja um reconhecimento por tantos anos ligados à profissão de treinador, vai fazer 30 anos. De qualquer maneira, fiquei contente. Eu não ligo muito a homenagens, na minha terra um grupo de amigos pretendiam fazer uma homenagem mas eu soube antecipadamente e demovi-os. O que me motiva é treinar o Moncorvo, ajudar o clube da minha terra e as crianças que aqui treinam. Eu, em simultâneo, cheguei a treinar durante muitos anos as camadas jovens das quais tenho 10 títulos distritais, para além de 7 títulos que tenho em séniores. O que me motiva é a alegria das crianças, as vezes andamos com problemas na vida mas chega ao treino vê a alegria dos garotos e parece que muda logo de estado de espírito. Isso é o mais importante, ajudar o clube da minha terra.”

Sílvio Carvalho lamenta que este reconhecimento não tenha partido da Associação de Futebol de Bragança.

microfone

“Comecei nas camadas jovens do Futebol Clube do Porto, estava a estudar lá. Depois vim dar aulas na minha terra e comecei a jogar no clube da mesma, na altura era professor. Aos 29 anos eu já era treinador e jogador, era treinador da equipa sénior. Pensava que podia acrescentar alguma coisa do que me tinham ensinado, não é que soubesse muito porque na altura não sabia nada, ainda agora ando a aprender, uma pessoa nunca sabe tudo, aprendemos até morrer. Fiquei contente com o prémio mas fiquei um pouco frustrado porque no distrito nunca reconheceram nada, eu sou o treinador com mais anos num clube em Portugal. Aqui em Bragança, em cursos de treinadores e outras atividades, nunca me convidaram para nada e isso deixa-me um pouco para baixo, não é que esteja à espera de algum reconhecimento mas vi lá outras pessoas com menos habilitações do que eu (digamos assim), elas foram convidadas e eu nunca fui convidado para nada. É a associação que temos e temos que andar para a frente.”

O treinador do Moncorvo refere que a Associação de Futebol de Bragança está paralisada.

Sílvio Carvalho acrescenta ainda grandes elogios ao setor da arbitragem distrital.

microfone

“É uma associação um pouco ausente, teve o seu mérito no passado mas neste momento está estagnada. Precisa de novas ideias e de novas formas de atuar em relação ao desporto no distrito de Bragança. Em relação à arbitragem é capaz de o setor que está melhor no distrito, temos que dizer o que e nem tudo é negativo. Neste momento a arbitragem da Associação de Futebol de Bragança está bem, nunca tivemos tantos árbitros no nacional, temos um observador na primeira liga, temos vários árbitros na III e na II Divisão, coisa que no passado era uma situação pontual.”

O mais antigo treinador ativo num clube em Portugal afirma que os clubes distritais evoluíram muito ao longo dos anos e hoje é muito mais fácil ser-se treinador.

microfone

“É preciso ter uma grande paixão pelo desporto e gostar da atividade porque é uma atividade um pouco ingrata. Os jovens que hoje queiram ser treinadores agora têm melhores condições de trabalho porque o que evolui no distrito de Bragança foram os clubes. Os clubes têm boas condições de trabalho, têm técnicos licenciados na área da educação física, com varias formações e com cursos de treinadores, no meu tempo não havia nada. Os clubes evoluíram mas a associação estagnou e não acompanhou o avanço que os clubes tiveram.”

Há cerca de 30 anos no mundo do futebol, Sílvio Carvalho irá ser premiado no domingo pela Associação Nacional de Treinadores.

O treinador do Moncorvo tem um vasto currículo.

Jogou nas camadas jovens no Futebol Clube do Porto.

Aos 29 anos era treinador e jogador no Moncorvo, onde se mantêm até hoje.

Sílvio Carvalho já coleciona 4 taças da AFB e foi campeão distrital três vezes.

Em iniciados, juvenis e juniores, o técnico venceu 10 campeonatos distritais.

A raposa velha, como é conhecido no futebol distrital, coleciona também um título de campeão distrital no futsal pelo Peredo, clube onde jogou durante dois anos na I Divisão Nacional.

No primeiro ano a comandar o Grupo Desportivo de Moncorvo conseguiu manter-se na III Divisão.

Atualmente, Sílvio Carvalho, é o treinador com mais anos num clube em Portugal.

Escrito por Onda Livre

Relacionados

Leave a Reply

css.php