LEQUE inaugura refeitório

LEQUE inaugura refeitório

A LEQUE – Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Necessidades Especiais, sedeada em Alfândega da Fé, inaugurou ontem um refeitório.

A criação deste espaço contou com o patrocínio da Missão Sorriso 2012.

A partir de agora a LEQUE consegue fornecer refeições aos utentes, que já não necessitam de se deslocar a pé, a uma cantina local, para almoçar, explicou a diretora da instituição.

microfone

 

“Dado o número de utentes, houve a necessidade de um espaço maior. Não o tínhamos, fizemos a candidatura à Missão Sorriso, e conseguimos. A Missão Sorriso não nos dá o dinheiro, mas dá-nos o equipamento.

Como a verba não era muito grande, em vez de construir,optámos por este edifício pré-fabricado, mas que tem todas as condições para garantir o serviço”

 

A criação deste refeitório deixa Celmira Macedo satisfeita, apesar da associação ainda não ter conseguido acordo de cooperação com a Segurança Social.

O processo arrasta-se há cerca de três anos e preocupa a responsável da instituição.

microfone

 

 

“A situação com a Segurança Social está parada, como nos 2 últimos anos.

Aliás, estamos há 4 anos com uma equipa de 7 funcionários, sem receber um cêntimo que seja do estado.

Tem que haver muito trabalho, muita luta e muitas candidaturas para conseguirmos recolher dinheiro para pagar ordenados. Neste momento o nosso maior peso são os recursos humanos. Temos muitos voluntários, mas de qualquer forma temos necessidade de uma equipa, à qual é preciso pagar.” disse Celmira Macedo.

 

O refeitório novo da LEQUE, conta com apoio da restauração local, que vai fazer chegar refeições às famílias dos utentes mais carenciados. Está já assegurando o jantar para vinte pessoas diariamente.

A presidente da Câmara Municipal de Alfândega da Fé, Berta Nunes, não tem dúvidas que este espaço vem dar resposta a um problema social.

microfone

 

“Este refeitório solidário vem dar resposta a um problema, que era o facto de estas pessoas terem que percorrer mais ou menos 2 quilómetros, a pé, para irem almoçar à cantina da escola.

A associação não dispõe de carrinhas de transporte, e nos dias de chuva era complicado. Para além disso, alguns utentes tinham dificuldade em habituar-se ao barulho e ao movimento dos jovens, o que depois se repercutia no seu comportamento, deixando-os mais agitados.

Todo estes tipos de problemáticas andavam à volta da inexistência de um espaço para poderem tomar as refeições. Agora ele está aqui. Felizmente a Missão Sorriso deu essa ajuda, e a Câmara Municipal também apoiou.”

 

A Missão Sorriso trouxe assim um sorriso aos utentes da LEQUE.

A construção do novo refeitório custou 17.500 euros, comparticipados pela Missão Sorriso, com o apoio do município de Alfândega da Fé.

Escrito por Brigantia (CIR)

Relacionados

Comentar

css.php