Caretos de Podence em fase de inventário rumo a Património Cultural Imaterial

A festa dos Caretos de Podence encontra-se a preparar uma candidatura para Património Cultural Imaterial de Portugal.

Em fase de inventário, está a ser levada a cabo uma recolha de fotografias, vídeos e documentos que retratem o Entrudo Chocalheiro ao longo dos anos.

António Carneiro, presidente da Associação do Grupo dos Caretos de Podence, diz que o reconhecimento a nível nacional é essencial para depois avançar para uma candidatura a Património Imaterial da UNESCO.

microfone profissional 4 (1)

“O objetivo, neste caso, é fazer um registo, a nível nacional, em termos do Inventário do Património Cultural e Material. Estamos com a candidatura aprovada, e no próximo Entrudo Chocalheiro saberemos essa decisão.

Este é o primeiro passo para uma eventual candidatura à UNESCO. Se se realizar, este será um acontecimento que nos vai encher de muito orgulho.

 Vamos torcer para que isso possa ser uma realidade.”

 

A candidatura deverá ser apresentada em outubro ao Ministério da Cultura.

Até lá, António Carneiro apela aos que passaram por Podence nas décadas de 70 e 80, ou que tenham algum estudo sobre esta tradição ancestral, que a faça chegar à Associação do Grupo dos Caretos de Podence.

 

microfone profissional 4 (1)

“Podem enviar para o nosso correio eletrónico, que é careto.podence@gmail.com, ou via CTT para a casa do careto em Podence.

Teríamos muito prazer em receber fotografias dos anos 80 e 70 que haja lá guardadas, e seria também uma mais-valia para o trabalho e o processo de nos enriquecer, aos olhos de quem estiver depois a analisar a candidatura.”

 

O Entrudo Chocalheiro de Podence está em processo de candidatura a Património Cultural e Imaterial de Portugal.

Encontra-se na fase de inventário, e para isso estão a juntar-se fotografias, vídeos e documentos que retratem esta festa pagã ao logo dos tempos.

Caso o consiga, este pode ser o primeiro passo para uma eventual candidatura a Património Mundial da Humanidade.

Recordo que o reconhecimento mundial pela UNESCO já foi tentado algumas vezes. A última das quais em 2008, em conjunto com as tradições orais galaico-portuguesas.

O Inventário do Património Cultural e Imaterial está ativo desde 2010, e desde essa data só classificou três manifestações culturais.

A decisão deverá conhecida ser fevereiro do próximo ano, pela data do próximo Entrudo Chocalheiro.

A Associação do Grupo dos Caretos de Podence relembra que esta fase de inventariado se quer o mais participativa possível, motivo pelo qual pede à comunidade em geral que lhe envie fotografias, vídeos ou documentos que retratem outros tempos desta esta tradição milenar.

 

 Escrito por ONDA LIVRE