Orquestra do Norte faz amanhã concerto de verão ao ar livre

A Orquestra do Norte regressa amanhã a Macedo de Cavaleiros para o já habitual concerto anual.

O maestro José Lobo adiantou à Onda Livre parte do alinhamento deste sábado.

reduzido 3

O programa que vamos fazer é eclético, próprio para um concerto de verão, informal, de peças com valor universal e nas quais o público se irá rever. Passa por compositores como Brahms, com as suas danças húngaras. Mas também grande aberturas, de Beethoven ou Mendelssohn. Obras que marcaram a História da música, e cujos temas são populares e o público se revê com toda a facilidade.

A Orquestra do Norte apresenta-se desde 1992 como um projeto de descentralização de cultura musical.

José Lobo que entende que a música clássica é de “aceitação universal”.

reduzido 3

Esta música, que a Orquestra faz, a chamada música clássica, é transversal a todas as sociedades, a todas as camadas etárias. É uma música de aceitação universal.

Vamos ter cerca de 40 músicos. Trata-se de uma pequena formação sinfónica, que tem capacidade de resposta para esse programa, e com um excelente enquadramento na Praça das Eiras.

Ao ar livre, na Praça das Eiras, amanhã em Macedo de Cavaleiros a partir das 21.45h.

Escrito por ONDA LIVRE