Já nasceu a Trás-os-Montes Records, a editora que pretende produzir obras inéditas na região

Já nasceu a Trás-os-Montes Records, a editora que pretende produzir obras inéditas na região

A editora tem como objetivo convidar artistas nacionais e internacionais, nas áreas da música e das artes plásticas e visuais, para a criação de obras inéditas na região do Nordeste Transmontano.

O primeiro disco do projecto foi já lançado e apresentado Museu do Abade de Baçal e os próximos vão ser gravados na região como, explicou André Cepeda um dos mentores do projecto:

“O Trás-os-Montes Records nasce da ideia de fazer com que tanto artistas plásticos como músicos venham à região.

Quisemos fundir estes dois meios artísticos para fazer com que as pessoas possam produzir aqui os seus trabalhos.”

Vão ser promovidas residência de artistas para possibilitar o encontro com a população e a paisagem da região, que poderá servir de inspiração e conhecimento para a criação artística, como destacou Elisa Cepeda:

“É uma oportunidade para conseguir dar às pessoas aquilo que de melhor há em Trás-os-Montes. Não basta só trazer as pessoas para ver a paisagem, é necessário que elas as vivam também. Além disso, as pessoas de cá gostam de ver gente diferente, com outra ideias e outros formatos, o que traz riqueza e diversidade.

Nesta zona do país temos coisas para oferecer que não existem em mais nenhum lado do país, e isso tem de ser aproveitado.”

Não só de música vai viver esta editora. Os conteúdos produzidos na região, nos diversos formatos, serão usados na edição de discos em vinil e suporte digital, capas de discos, performances e concertos, bem como criar um arquivo para futuras exposições e publicações. Os primeiros artistas chegam já no próximo mês:

“Os primeiros a vir cá vão ser o Daniel Nox, um músico de Chicago com um currículo enorme, já esteve em Bragança e a ideia é que o disco dois seja feito em Macedo de Cavaleiros.

Vem também um fotógrafo António Júlio Duarte durante uma ou duas semanas para começar a fotografar a região de forma a que as capas, livros e tudo que possa envolver a Trás-os-Montes Records possa ser produzido aqui.”

A nova editora quer fazer da região fonte de inspiração para artistas nacionais e internacionais e levar o nome de Trás-os-Montes através de diferentes projectos artísticos.

Foto: Trás-os-Montes Records

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Brigantia)

Relacionados

Comentar