Há três novos Cursos Técnicos Superiores Profissionais a arrancar em Macedo de Cavaleiros

Há três novos Cursos Técnicos Superiores Profissionais a arrancar em Macedo de Cavaleiros

Há novas ofertas de Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTesP) do Instituto Politécnico de Bragança para Macedo de Cavaleiros no próximo ano letivo.

Gestão de Operações e Logística e Tecnologias do Território Agroflorestal são as duas opções exclusivas para o campus da cidade, às quais se junta Estética, Cosmética e Bem-estar, que também tem candidaturas abertas para Bragança e Chaves.

O ano passado, por falta de alunos suficientes, nenhum dos cursos propostos abriu turma em Macedo, no entanto, foi adoptada uma estratégia para tentar ultrapassar esse problema, como explica o presidente do IPB, Orlando Rodrigues:

“Temos procurado sempre fazer publicidade garantindo que a informação chegue aos alunos. O que temos feito mais intensivamente é trabalhar diretamente com as escolas e os potenciais alunos e assim a informação e dúvidas cheguem aos candidatos.”

 

Para o presidente da câmara, Benjamim Rodrigues, estas ofertas vão de encontro às necessidades do território:

“Estamos num distrito onde temos prevista uma plataforma logística regional de grande calibre, temos o desenvolvimento de uma área logística na zona industrial, iremos ter um centro de acolhimento em breve. Faz todo o sentido termos técnicos dessas áreas. Relativamente à tecnologia no território agro-florestal: faz todo o sentido. Temos um território que necessita de conhecimento e esta tecnologia está sempre em constante evolução. A prevenção de incêndios é importante também. Quanto à estética, sempre teve candidatos e há sempre gente interessada nessa área.” 

 

Quanto à escola de negócios do IPB, sediada em Macedo, também estão a ser preparadas algumas ofertas formativas, revela o presidente da instituição, Orlando Rodrigues:

“Há vários pós-graduações pensadas e já calendarizadas. Houve aqui uma perturbação com a crise sanitária que estamos a viver e portanto algumas forma adiadas. Há um conjunto de formações dirigidas aos empresários e instituições públicas da nossa região que já estão pensadas como gestão de unidades de saúde, inovação empresarial e outras na área da administração pública. Temos também pensadas algumas de curta duração e direcionadas a necessidades concretas.” 

 

As candidaturas para os cursos CTesP estão abertas até 30 de agosto.
Estes cursos têm a duração de dois anos e conferem o diploma de Técnico Superior Profissional, com classificação de nível 5 no Quadro Nacional de Qualificações, permitindo a entrada no mercado de trabalho ou a continuação dos estudos de licenciatura através de concurso especial de acesso, e com transferência de créditos.

 

Escrito por ONDA LIVRE 

Relacionados