Vários concelhos do distrito podem ficar em situação de risco de contágio da Covid-19

Vários concelhos do distrito podem ficar em situação de risco de contágio da Covid-19

Bragança, Mirandela, Vinhais e Miranda do Douro podem ficar, esta semana, em situação de alerta no mapa do risco de contágio da covid-19, enquanto Mogadouro pode ultrapassar pela segunda semana consecutiva os 240 casos por cada 100 mil habitantes o que implicará um recuo no plano de desconfinamento.

Segundo os últimos dados da Direção-Geral de Saúde avançados na passada sexta-feira, sobre a incidência cumulativa a 14 dias, no distrito de Bragança apenas o concelho de Mogadouro ultrapassou o limite de 240 casos por cada cem mil habitantes, entre o dia 1 de julho e a passada quarta-feira, dia 14.
Mogadouro teve 266 casos por cem mil habitantes, mas como foi a primeira vez que aconteceu, o concelho fica em alerta, recuando no desconfinamento, se na próxima avaliação, no Conselho de Ministros desta quinta-feira, ultrapassar de novo os 240 casos por 100 mil habitantes, o que muito
provavelmente vai acontecer.
Se isso vier a confirmar-se, o concelho de Mogadouro passa a ter limitação da circulação na via pública a partir das 23h00. Os restaurantes podem funcionar até às 22h30. Às sextas-feiras a partir das 19h00 e aos sábados, domingos e feriados durante todo o dia, o acesso a restaurantes para serviço de refeições no interior está permitido apenas aos portadores de certificado digital ou teste negativo.
Haverá também a exigência de teste negativo ou certificado digital para o acesso a estabelecimentos turísticos e de alojamento local.
Nos dados da última sexta-feira publicados pela DGS, há outros quatro concelhos do distrito de Bragança que ficaram perto de atingir o limite dos 240 casos por cem mil habitantes: Bragança registou 209, Mirandela teve 190, Vinhais 184 e Miranda do Douro registou 177 casos por cem mil habitantes sendo aqueles que estão mais próximos de ultrapassar a fasquia do mapa de risco de contágio na próxima avaliação, na quinta-feira. Ainda assim, diga-se que se isso vier a acontecer ficam em situação de alerta, sem qualquer recuo no desconfinamento, mas uma repetição na semana seguinte já dá direito a restrições.
Nos restantes concelhos, entre 1 e 14 de julho, Freixo de Espada à Cinta registou 154 casos por 100 mil. Vila Flor 83. Carrazeda de Ansiães 53. Vimioso 25, Alfândega da Fé 22 e Macedo de Cavaleiros 21 casos por cada 100 mil habitantes. Torre de Moncorvo não registou qualquer caso nesses 14 dias

Entretanto, na passada sexta-feira, estavam ativos 208 casos no distrito:
Bragança 57
Mogadouro 51
Mirandela 49
Miranda do Douro 17
Vila Flor 12
Freixo de Espada à Cinta 9
Vinhais 7
Alfândega da Fé 2
Carrazeda de Ansiães 2
Macedo de Cavaleiros 2

 

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Terra Quente) 

Relacionados

Comentar