CA Macedo venceu hoje o Forjães e está na II Eliminatória da Taça de Portugal

CA Macedo venceu hoje o Forjães e está na II Eliminatória da Taça de Portugal

O CA Macedo está na II Eliminatória da Taça de Portugal, depois de vencer este sábado a primeira em casa com o Forjães por 1-0.

O único tento de honra do jogo foi marcado aos 12 minutos da primeira parte pelo nº 9 da equipa verde e amarela, Flávio Barbosa, que está confiante e quer voltar a marcar no próximo jogo da taça, onde podem encontrar já equipas da II Liga:

“Foi muito bom, viemos de uma derrota aos 95′ e esperamos muito por este dia para dar a volta e mostrar aos adeptos, e nós próprios, o que valemos. Merecemos estar na II eliminatória, o que vier vamos tentar ganhar e vou voltar a marcar.”

Para o técnico do CA Macedo, Rafael Nascimento, o objetivo foi cumprido, destacando a qualidade de jogo do plantel, principalmente na primeira parte:

“Estar na II Eliminatória da Taça de Portugal era algo que queríamos muito, trabalhamos imenso para isso e estamos muito felizes.

Ao contrário do que tinha acontecido no jogo anterior, estivemos muito melhor sem bola, entendemos a diferença entre fazer pressão ou pressing, e fomos muito mais equipa, quer com bola ou sem ela. Com bola acho que poderíamos ter tido um pouco mais de critério, principalmente na segunda parte em que fomos muito na onda de querer muita vitória e, por vezes, não conseguimos pôr o nosso jogo como deveríamos ter posto.
Mas na primeira parte penso que fizemos um espetáculo de qualidade, acho que quem veio ver ficou agradado, tal como nós porque conseguimos aliar a vitória a um jogo de qualidade, e é o que queremos.
Quero dedicar a vitória aos nossos adeptos, que bem merecem, pois era uma recompensa que lhes queríamos dar depois do que aconteceu em Mirandela.”

Amargo de boca para a equipa de Forjães que está assim fora da disputa da Taça de Portugal.

O treinador, Carlos Viana, acha que a equipa que lidera tinha condições para vencer o jogo mas assume a falha do objetivo:

“Vínhamos aqui com o propósito de passar a eliminatória e tínhamos todas as condições para o fazer.

Com todo o respeito pela equipa de Macedo de Cavaleiros, penso que nós somos superiores, mas o que é certo é que, neste jogo, a equipa de Macedo ganhou, parabéns, e boa sorte para eles.
Quanto a nós, assumimos o falhanço do objetivo e temos de trabalhar melhor. “

Ânimos acesos depois do apito final resultaram em cartão vermelho para Pereira, que fica assim impedido de jogar a segunda eliminatória, e para Nuno Simões, do Forjães.

Ainda nos minutos finais de jogo, Branquinho, do plantel macedense, foi expulso do banco.

Desta feita, as atenções voltam-se para a II Jornada do Campeonato de Portugal que o CA Macedo joga já no próximo dia 19, em casa com o Amarante FC, onde vão lutar pelos primeiros três pontos da época.

Escrito por ONDA LIVRE

IMG_8721 IMG_8718

Relacionados

Comentar