Goleada do GDM no último jogo de Patrick Simão em casa

Goleada do GDM no último jogo de Patrick Simão em casa

O Grupo Desportivo Macedense goleou este sábado em casa o AMSAC por uns expressivos 8-3, no último jogo de Patrick Simão em casa, ele que inaugurou o marcador aos 15 minutos.

Uma vitória que foi dedicada ao jogador que termina a carreira aos 33 anos, treze deles ao serviço do GDM, e na bagagem diz levar bons momentos e grandes amizades:

 “ Decidi terminar a minha carreira por motivos pessoais e profissionais, foi uma decisão muito refletida, vou ter mais tempo para a família e para os negócios. Passei aqui momentos fantásticos, com este público extraordinário.

O que fica são as amizades, as memórias, as vivências, as lembranças aqui no pavilhão, assim como em Mogadouro, onde estive dois anos.

Sinto-me orgulhoso, acho que fiz a minha parte para o futsal transmontano, dei o meu contributo e nesse aspeto estou de consciência tranquila.

Só tenho boas recordações dos adeptos, com bancadas cheias e momentos surreais”

Patrick diz que a paixão pelo deporto vai continuar e não descarta uma possível ligação futura à modalidade:

“A paixão continua e acredito que, no futuro, eventualmente possa desempenhar outro papel, mas não no próximo ano porque preciso mesmo de parar. Estarei do lado da bancada a apoiar este clube.”

O GDM dominou e a avalanche ofensiva que terminou em goleada, com Riquinho a ser uma das figuras do encontro ao fazer três golos. Este foi o jogo da 20ª jornada da Fase de Apuramento de Campeão do Campeonato Nacional de Futsal da 2ª Divisão.

Bruno Angélico, treinador adjunto do GDM, mostrou-se feliz com o resultado:

“ Foi um bom jogo, um jogo de final de época sem responsabilidade nenhuma no que toca á classificação final, e cumprimos com o nosso papel que era dar a vitória aos nossos adeptos e ao Patrick.”

O treinador do AMSAC, Manuel Jorge, disse que a viagem e o calor condicionaram o rendimento dos jogadores em campo:

“ Foi um jogo complicado. Saímos de Lisboa ás 7:30 da manhã, estava muito calor, e nesta fase da época em que já não se luta por nada, existe um enorme desgaste físico e mental, a equipa veio Macedo desfalcada, e alguns jogadores já estão com a cabeça em clubes na próxima época, não é fácil gerir tudo isso.”

O AMSAC é sexto classificado e no próximo jogo vai ao ABC Nelas.

Quanto ao Macedense que é 11ª, o último jogo está marcado para o próximo fim de semana frente ao Dínamo Sanjoanense.

Escrito por ONDA LIVRE

IMG_0636

IMG_0628IMG_0578 IMG_0580 IMG_0592

IMG_0585

IMG_0639

Relacionados