Otorrino fecha em Macedo

Foi fechado o serviço de otorrinolaringologia da Unidade Hospitalar de Macedo de Cavaleiros.
Em comunicação interna do Centro Hospitalar do Nordeste, datada de 21 de Outubro, foi comunicado aos profissionais que o serviço, que veio do Hospital de Mirandela vai voltar para a cidade do Tua.
Carlos Barroso, da concelhia social-democrata de Macedo de Cavaleiros, considera que se trata de mais um atentado desta administração do CHNE à unidade local.
‘’Para nós é errado e estranhamos que um concelho de administração que está apenas em gestão, esteja a tomar posições altamente penalizadoras para a unidade hospitalar de Macedo de Cavaleiros.’’ Acrescentando que “ o concelho de administração tem uma postura hostil para com a unidade de Macedo. E ao fazer a transferência do serviço de otorrinolaringologia para Mirandela, tendo a nossa unidade hospitalar os dois melhores blocos operatórios de todo o Nordeste Transmontano, revela alguma falta de capacidade de diálogo, inclusive, com os agentes do nordeste transmontano’’, salienta Carlos Barroso.
O presidente da concelhia do PSD de Macedo refere que a posição do CHNE para com o Hospital de Macedo tem sido de hostilidade, por isso repudia estes actos de gestão, que encareceu a saúde na região. “Não digo que seja um acto de terrorismo, mas desde que este concelho de administração tomou posse tem tido atitudes hostis para com a nossa unidade, e nós repudiamos os seus actos de gestão.’’
Carlos Barroso frisa ainda que “este concelho de administração fez com que a saúde ficasse mais cara e o acesso dos utentes tenha perdido qualidade.’’
O serviço de Otorrino veio para o Hospital de Macedo de Cavaleiros quando foi extinto o serviço de cirurgia. Carlos Barroso considera que foi mais um acto hostil para com os macedenses. “ O serviço de otorrino seria um contraponto à saída da pequena unidade de cirurgia que tínhamos na unidade hospitalar de Macedo de Cavaleiros, isto só revela falta de palavra dos administradores para com a unidade de Macedo. O PSD local fará todos os esforços para que isto não se venha a verificar, e não melhora em nada a saúde dos nordestinos, e ainda não sei quais os interesses obscuros dos administradores do CHNE para com a unidade hospitalar de Macedo de Cavaleiros’’, sustenta.
O Centro Hospitalar do Nordeste fechou o serviço de otorrinolaringologia do Hospital de Macedo de Cavaleiros. A comunicação surgiu internamente no passado sábado.

Relacionados