UNESCO dá parecer positivo à Candidatura dos Caretos de Podence a Património Imaterial da Humanidade

UNESCO dá parecer positivo à Candidatura dos Caretos de Podence a Património Imaterial da Humanidade

A decisão final só vai ser conhecida entre os dias 9 e 14 do próximo mês, em Bogotá, na Colômbia, através de um comité independente, mas para já a candidatura foi reconhecida como “exemplar” segundo a decisão dos peritos, tornada pública esta sexta-feira.

Nesse documento as “Festas de Inverno Carnaval de Podence” são recomendadas e o Estado e a comunidade de Macedo de Cavaleiros são elogiados pela qualidade do dossier apresentado “mostrando como uma pequena comunidade pode assumir a responsabilidade pelo seu património cultural intangível”, lê-se no parecer.

Para António Carneiro, presidente da Associação Grupo dos Caretos de Podence, este é um bom indicador de que a decisão final poderá ser positiva:

“É um grande orgulho para toda a equipa que esteve nesta candidatura. É um prenúncio para que no próximo mês de dezembro, no 14º Comité da UNESCO, a realizar em Bogotá, na Colômbia, saia fumo branco e os Caretos de Podence sejam reconhecidos como Património Imaterial da Humanidade. 

Estamos confiantes, nada está decidido mas tudo indica que as coisas serão favoráveis para Portugal e para todos os portugueses, e embora seja algo pertencente a uma aldeia do concelho de Macedo de Cavaleiros, acaba por representar todo o país.”

Em declarações à agência Lusa, o embaixador António Sampaio da Nóvoa diz que este é um reconhecimento “raro” por parte dos peritos da UNESCO.

A promotora desta candidatura é a autarquia de Macedo de Cavaleiros, em conjunto com a Associação Grupo dos Caretos de Podence.

O processo começou já em 2014 e a equipa é liderada pela macedense Patrícia Cordeiro.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar