Assembleia Municipal de Macedo quer que o Governo inclua a linha transmontana no Plano Ferroviário Nacional

Assembleia Municipal de Macedo quer que o Governo inclua a linha transmontana no Plano Ferroviário Nacional

A Assembleia Municipal de Macedo de Cavaleiros aprovou por unanimidade uma moção para pedir ao Governo que inclua a linha transmontana no Plano Ferroviário Nacional, através do troço que liga Amarante – Vila Real – Mirandela – Macedo de Cavaleiros – Bragança – Madrid.

A proposta partiu da bancada do Partido Socialista mas acabou por se converter numa moção da assembleia municipal para a inclusão de uma infraestrutura que potenciaria o desenvolvimento da região, defende o deputado do PS, Luís Vaz:

“Esta linha é essencial para toda a região Norte e preenche todos os requisitos do Governo para o plano ferroviário. A sua concretização dar-nos-ia uma competitividade e um desenvolvimento que necessitamos, principalmente na zona de Trás-os-Montes.

Estamos a falar não só de passageiros mas também de mercadorias para o desenvolvimento económico da parte agrícola e industrial, o que é extremamente importante.”

Uma moção que pode ganhar mais força se for subscrita também por outros municípios e entidades da região Norte:

“Sendo isto uma ideia que beneficia toda a região Norte, seria importante que todos os municípios da região subscrevessem, porque mesmo que não sejam atravessados pela linha, ela vai beneficiá-los pois a distância que neste momento eles têm do resto da Europa ficaria muito encurtada.

Acho que é uma moção pioneira e deveria ser apoiada por todos, não só municípios como também por outras instituições, às quais o próprio ministro abriu a porta.

Quantos mais subscritores e quanto mais mostrarmos o quão importante é para a região Norte que esta linha se concretize, teremos mais força em Lisboa e no momento da decisão isso será tido em conta.

Esta moção vai ser enviada para os outros municípios e instituições que a possam subscrever, e também para o Governo e para os responsáveis políticos como parte da discussão pública que está a acontecer.”

Recordo que entre os objetivos do Plano Ferroviário Nacional estão a ligação de todas as capitais de distrito através da ferrovia, a redução do tempo de viagem entre o Porto e Lisboa, assim como a criação de melhores ligações desta rede às infraestruturas portuárias e aeroportuárias, assegurando ainda ligações transfronteiriças ibéricas e a integração na rede transeuropeia.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar