ANEPC alerta para aumento do risco de incêndio devido às altas temperaturas previstas para hoje e amanhã

ANEPC alerta para aumento do risco de incêndio devido às altas temperaturas previstas para hoje e amanhã

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê-se para os próximos dias tempo anormal para a época, bastante quente e seco, com temperaturas máximas acima do normal, podendo alcançar de 35ºc a 38ºc em algumas regiões, inclusive no Norte.

Em função das condições meteorológicas é necessária uma maior prudência e atenção para prevenir eventuais ocorrências de propagação de incêndios rurais.

Como medidas preventivas a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) recorda que, de acordo com as disposições legais em vigor, é proibido fazer queimada extensiva SEM AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua câmara municipal ou através do 808 200 520.

Se o risco foi muito elevado e máximo é proibido fazer queima de amontoados, sem autorização ou sem comunicação prévia, usar fogo para confeção de alimentos em todo o espaço rural, a não ser fora das zonas críticas e nos locais autorizados, fumigar ou desinfestar em apiários, exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas, assim como lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso do fogo-de-artifício só é permitido com autorização da autarquia. É ainda proibido perante estes níveis de risco de incêndio usar motorroçadores, corta-matos e destroçadores. É recomendado evitar o uso de grades de disco.

A ANEPC determinou a passagem ao Estado de Alerta Especial (EAE), nível AMARELO, para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), entre as 00:00 horas do dia 20 e as 23:59 do dia 21 de maio, nos distritos de Bragança, Beja, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Portalegre, Santarém, Vila Real e Viseu.

De acordo com o IPMA, no distrito de Bragança estão esta sexta-feira em risco MUITO ELEVADO de incêndio rural os concelhos de Macedo de Cavaleiros, Bragança, Mirandela, Vimioso, Miranda do Douro, Alfândega da Fé,  Torre de Moncorvo e Freixo de Espada à Cinta. Os restantes apresentam risco ELEVADO.

Escrito por ONDA LIVRE

 

Relacionados