GDM conquista objetivo da época e mantém-se na II Divisão nacional

GDM conquista objetivo da época e mantém-se na II Divisão nacional

A equipa masculina do Grupo Desportivo Macedense assegura a presença na II Divisão Nacional de Futsal e alcança assim o objetivo a que se propôs esta época.

As decisões saíram do último jogo da 2ª fase, disputado este domingo, que o GDM venceu por 4-6 em casa do JD Gaia.

Um feito que deixa a equipa satisfeita e do qual houve quem chegasse a duvidar no início da época, confessa o treinador, Costinha:

“Do outro lado também houve equipas com o mesmo objetivo e por isso o jogo passou a ser de nervos, e muitas vezes a emoção ganha sobre a qualidade. No geral foi um grande jogo.

Se alguém em novembro nos perguntasse se íamos conseguir ficar na II Divisão, nem dou resposta a isso, mas desde 7 de novembro que esta equipa perdeu apenas um jogo com o Rio Ave a 18 segundos do fim, e foi isso que faltou para estarmos numa situação que não aspirávamos. Seria um prémio de época.

Agora é descansar que bem merecemos.”

Costinha destaca e agradece o importante papel da equipa técnica nesta conquista e dedica a época à formação, que nos últimos tempos tem estado parada devido à pandemia:

“Queria aproveitar para destacar dois aspetos essenciais. Em primeiro, agradecer à equipa técnica que foi fantástica, o Bruno, o Américo, o Sérgio Bessa, o João Luís e também o João Carlos, na proporção física.

É aquilo que fazemos diariamente e quando acreditamos e damos oportunidade, as pessoas demonstram qualidade, empenho e trabalho. Eles têm muito mais mérito nesta manutenção do que propriamente eu, pois o trabalho da equipa muito mais se deve a eles do que ao que eu fiz.

Por outro lado, quero dedicar a época à formação, aos meus atletas como eu costumo dizer, que este ano não puseram os pés no pavilhão. Estamos a contar com eles em setembro para voltar novamente. O processo que eles trabalharam na formação todos os anos, que implementamos na equipa sénior, vale a pena e acreditem nele.”

O adversário do último jogo, o JD Gaia, foi o campeão da Série C e precisava desta vitória para assegurar a II Divisão.

O treinador, Tiago Ferreira, acredita que a realidade da jovem equipa que lidera pertence à II IDivisão e por isso a segunda seria um prémio:

“O nosso objetivo desde o início da época foi a III Divisão Nacional pois temos provavelmente a equipa mais jovem da II Divisão. Dos 18 jogadores utilizados, 14 são da formação, e isso demonstra o que nós pretendemos, e talvez essa seja a nossa realidade para o que pretendemos e para a continuidade do trabalho que temos feito. A II Divisão seria um prémio para o que fizemos.

Custou estar tão perto e da forma que foi pois sabemos que o Macedense marca 80% dos golos e hoje voltou a fazer cinco dos seis dessa forma.

Perder hoje para crescer todos os dias.”

O Macedense terminou a época em segundo lugar do grupo da 2ª fase, com seis pontos.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar