Dois terços de Portugal continental está em seca e há duas barragens transmontanas com limitações

Dois terços de Portugal continental está em seca e há duas barragens transmontanas com limitações

Dois terços do território continental estão em seca extrema e um terço em seca severa. Os números foram avançados ontem depois da nova reunião interministerial da Comissão Permanente da Seca.

A Ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes, explicou que das 44 albufeiras monitorizadas, duas da região, nos concelhos de Mirandela e Chaves, estão com limitações:

“Em relação aos aproveitamentos hidroagrícolas de Veiga, Chaves, e o de Vale de Madeiro, há efetivamente restrições à rega para permitir o abastecimento público com a garantia de uso eficiente da água e com as condições que foram criadas no ponto de vista dos planos de contingência, nós conseguimos assegurar a campanha de rega para 2022.”

A ministra referiu ainda que o Governo terá mais quatro milhões de euros para disponibilizar aos agricultores, retirados do PRR, e ainda 12 milhões de euros do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 para instalação de sistemas que permitam melhorar o uso da água por parte dos agricultores.

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, apelou ao uso eficiente da água:

“Apesar da situação grave que o país vive, nós temos a água para consumo humano salvaguardada para um período de dois anos.”

A comissão de acompanhamento decidiu implementar 28 novas medidas de mitigação da seca, que se juntam às 50 já tomadas em fevereiro, tendo sido disponibilizados 5 milhões de euros do Fundo Ambiental.

Foi ainda decidido, esta terça-feira, que até 30 de setembro a Comissão Permanente da Seca vai realizar reuniões mensais.

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Brigantia)

Relacionados

Comentar