PJ deteve duas mulheres suspeitas de atear incêndio em Vinhais

PJ deteve duas mulheres suspeitas de atear incêndio em Vinhais

A Polícia Judiciária deteve duas mulheres, de 44 e 55 anos, que já tinham sido a semana passada constituídas arguidas por serem suspeitas de terem ateado um incêndio florestal, no passado dia 27 de julho, no concelho de Vinhais.

De acordo com a força policial, em comunicado, as chamas consumiram área de mancha florestal com mato e colocaram em perigo área agrícola, constituída por castanheiros e outras árvores de fruto. Além disso, estiveram ainda em perigo habitações e armazéns de valor elevado, contíguos à área queimada. A rápida intervenção dos bombeiros e sapadores florestais impediu que também fossem consumidos.

As duas suspeitas vão ser presentes a tribunal para aplicação das medidas de coação adequadas.

Escrito por ONDA LIVRE

 

 

Relacionados

Comentar